Últimas Publicações

Obrigações do Dia

  • 09/Abril/2020 – 5ª Feira.
  • ICMS | Substituição tributária.
saiba mais

Indicadores Econômicos

Moedas - 07/04/2020 14:22:26
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 5,286
  • 5,287
  • Paralelo
  • 4,530
  • 5,300
  • Turismo
  • 5,270
  • 5,590
  • Euro
  • 5,750
  • 5,752
  • Iene
  • 0,048
  • 0,048
  • Franco
  • 5,432
  • 5,434
  • Libra
  • 6,503
  • 6,505
  • Ouro
  • 277,590
  •  
Mensal - 04/03/2020
  • Índices
  • Jan/20
  • Dez/19
  • Inpc/Ibge
  • 0,19
  • 1,22
  • Ipc/Fipe
  • 0,29
  • 0,94
  • Ipc/Fgv
  • 0,59
  • 0,77
  • Igp-m/Fgv
  • 0,48
  • 2,09
  • Igp-di/Fgv
  • 0,09
  • 1,74
  • Selic
  • 0,38
  • 0,37
  • Poupança
  • 0,05
  • 0,05
  • TJLP
  • 5,09
  • 5,57
  • TR
  • -
  • -
saiba mais

Governo abre novo período de saque do PIS/Pasep de 2016

O governo abriu um novo período de saque do PIS/Pasep do ano-base de 2016. Os trabalhadores vão poder sacar o abono entre os dias 26 de julho até 30 de dezembro. O prazo para saque havia terminado no dia 29 de junho deste ano e a decisão foi autorizada pelo Codefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador) na quarta-feira (11). 

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, quase 2 milhões de trabalhadores não sacaram o benefício dentro do primeiro período estipulado pelo governo. Os saques parados correspondem a R$ 1,44 bilhão. 

Saque para trabalhadores


O valor do saque é determinado de acordo com o período de trabalho formal do funcionário no ano de 2016. O valor máximo do abono é de R$ 954, para quem trabalhou o ano inteiro, enquanto o mínimo, dado a quem trabalhou pelo menos 30 dias do ano, é de R$ 80. 

O saque é concedido aos trabalhadores que estejam inscritos no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

Os trabalhadores da rede privada devem realizar o saque do abono na Caixa Econômica Federal. Caso haja alguma dúvida a respeito do benefício, podem ligar para o número 0800-726 02 07. Já os trabalhadores da rede pública, devem sacar o benefício no Banco do Brasil. O telefone para contato é o 0800-729 00 01.

Fonte: noticias.R7 | 20/07/2018

Site desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)
MFM Contabilidade e Consultoria S/S LTDA
Av. Anita Garibaldi, 850 - sala 812 - Torre Premium - Bairro Cabral - Curitiba/PR
CEP: 80540-180  |  Fone / Fax (41) 3086 1412