Últimas Publicações

Obrigações do Dia

  • 23/Fevereiro/2020
  • ICMS/SCANC | Refinaria de Petróleo e suas bases, nas operações com combustível derivado de petróleo, nos casos de repasse (imposto retido por outros combustíveis).
saiba mais

Indicadores Econômicos

Moedas - 21/02/2020 16:08:41
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,392
  • 4,393
  • Paralelo
  • 4,330
  • 4,600
  • Turismo
  • 4,220
  • 4,570
  • Euro
  • 4,741
  • 4,744
  • Iene
  • 0,039
  • 0,039
  • Franco
  • 4,469
  • 4,472
  • Libra
  • 5,669
  • 5,673
  • Ouro
  • 228,110
  •  
Mensal - 03/12/2019
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • -0,05
  • 0,04
  • Ipc/Fipe
  • -
  • 0,16
  • Ipc/Fgv
  • -
  • -0,09
  • Igp-m/Fgv
  • -0,01
  • 0,68
  • Igp-di/Fgv
  • 0,50
  • 0,55
  • Selic
  • 0,46
  • 0,48
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -
saiba mais

Quanto será descontado do INSS no salário do trabalhador em 2020?

No primeiro ano do governo Jair Bolsonaro tivemos algumas mudanças que vão impactar no bolso dos brasileiros em 2020. Uma delas refere-se ao desconto do INSS nos salários. As novas regras de aposentadorias e pensões estabelecidas estabelecidas pela reforma da Previdência entraram em vigor no dia 13 de novembro, mas as novas alíquotas de contribuição passarão a valer a partir de 1º de março de 2020.

Saiba quanto vai ser o desconto do INSS no seu salário em 2020
Regime Geral de Previdência Social
De acordo com as novas regras, o desconto do INSS sobre os salários variam de 7,5% a 14%. Atualmente, as alíquotas do INSS variam de 8% para trabalhadores da iniciativa provada.

  • Até um salário mínimo: 7,5%
  • Entre um salário mínimo e R$ 2 mil: 9%
  • Para valores entre R$ 2 mil e R$ 3 mil: 12%
  • R$ 3 mil e o teto do RGPS: 14%

Portanto, quem ganha menos será beneficiado, enquanto que trabalhadores que ganham até o teto ou acima disso, pagarão bem mais.

Veja algumas simulações de quanto você vai pagar de INSS se trabalha na iniciativa privada, começando pelo salário mínimo:

  • 1.039,00 – Contribuição atual R$ 83,12 – Nova Contribuição R$ 77,93 – Diferença -R$ 5,19
  • 1.500,00 – Contribuição atual R$ 120,00 – Nova Contribuição R$ 120,03 – Diferença R$ 0,03
  • 2.000,00 – Contribuição atual R$ 180,00 – Nova Contribuição R$ 165,03 – Diferença -R$ 14,97
  • 3.000,00 – Contribuição atual R$ 330,00 – Nova Contribuição R$ 285,03 – Diferença -R$ 44,97
  • 4.000,00 – Contribuição atual R$ 440,00 – Nova Contribuição R$ 425,03 – Diferença -R$ 14,97
  • 5.839,45 – Contribuição atual R$ 642,34 – Nova Contribuição R$ 682,55 – Diferença R$ 40,21

Servidores públicos federais no RPPS da União
No serviço público, cuja alíquota é de atualmente 11%, passa a variar entre 7,5% a até 22% acima do teto constitucional.

  • Até um salário mínimo: 7,5%
  • Para valores entre um salário mínimo e R$ 2 mil: 9%
  • Entre R$ 2 mil e R$ 3 mil: 12%
  • R$ 3 mil e o teto do RGPS: 14%
  • Entre o teto do RGPS e R$ 10 mil: 14,5%
  • R$ 10 mil e R$ 20 mil: 16,5%
  • R$ 20 mil e o teto constitucional: 19%
  • Acima do teto constitucional: 22%

Conteúdo original Seu crédito digital | 02/01/2020.

Site desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)
MFM Contabilidade e Consultoria S/S LTDA
Av. Anita Garibaldi, 850 - sala 812 - Torre Premium - Bairro Cabral - Curitiba/PR
CEP: 80540-180  |  Fone / Fax (41) 3086 1412