Últimas Publicações

Obrigações do Dia

  • 03/Junho/2020 – 4ª Feira.
  • ICMS | Refinador de petróleo e suas bases.
  • ICMS | Refinador de petróleo e suas bases.
  • ICMS
saiba mais

Indicadores Econômicos

Moedas - 01/06/2020 09:36:27
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 5,319
  • 5,320
  • Paralelo
  • 4,840
  • 5,620
  • Turismo
  • 5,410
  • 5,630
  • Euro
  • 5,907
  • 5,911
  • Iene
  • 0,049
  • 0,049
  • Franco
  • 5,529
  • 5,532
  • Libra
  • 6,591
  • 6,594
  • Ouro
  • 302,600
  •  
Mensal - 04/03/2020
  • Índices
  • Jan/20
  • Dez/19
  • Inpc/Ibge
  • 0,19
  • 1,22
  • Ipc/Fipe
  • 0,29
  • 0,94
  • Ipc/Fgv
  • 0,59
  • 0,77
  • Igp-m/Fgv
  • 0,48
  • 2,09
  • Igp-di/Fgv
  • 0,09
  • 1,74
  • Selic
  • 0,38
  • 0,37
  • Poupança
  • 0,05
  • 0,05
  • TJLP
  • 5,09
  • 5,57
  • TR
  • -
  • -
saiba mais

FGTS: Caixa libera dia 15 novo saque de R$ 1.045 para os trabalhadores

Atenção, se você está precisando de um dinheiro extra essa é uma excelente oportunidade para você. Está confirmado o novo saque do FGTS de até R$ 1.045 para o mês que vem!

Saque do FGTS
O novo saque do FGTS também chamado de saque emergencial começa no dia 15 de junho, a medida do governo é mais uma tentativa de amenizar os impactos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus.

Como vai funcionar
De acordo com as informações oficiais já divulgadas os recursos serão utilizados das contas ativas que é o emprego atual, quanto das contas inativas que são os trabalhos anteriores. Os valores podem chegar a R$ 1.045, com prazo vigente para pagamento do dia 15 de junho ao dia 31 de dezembro de 2020.

O calendário ainda não foi idealizado pela Caixa Econômica Federal, mas as datas de início e término já foram divulgadas, a partir do dia 15 de junho começará o saque emergencial e terminará em dezembro de 2020.

A MP define que haverá uma ordem de saque para trabalhos com mais de uma conta do FGTS ativa. Os primeiros saques serão das contas vinculadas a trabalhos extintos e que possuem o menor saldo. Em seguida, os trabalhadores com as contas ativas com os menores valores, poderão sacar o benefício. Entretanto, quem preferir não realizar o saque emergencial deve informar a Caixa até o dia 30 agosto. Se a decisão não for notificada, o valor será depositado automaticamente na conta poupança do trabalhador.

Além de garantir o saque emergencial, a MP 946 também extingue o fundo PIS-Pasep, que foi criado em 1975. O saldo do fundo será transferido para o FGTS, mas o abono salarial não sofrerá mudanças. Segundo o governo, o dinheiro remanescente do PIS-Pasep que não for movimentado até 1º de junho de 2025 será considerado abandonado e passará a ser propriedade da União.

Vale destacar que o saque emergencial é diferente do saque-aniversário, onde o saque aniversário permite o saque de uma parte do benefício todos os anos.

Como consultar se tenho direito?
Para consultar se terá direito de sacar o saldo do Fundo de Garantia, basta que você acesse o site da Caixa ou baixe o aplicativo do FGTS, que está disponível na Google Play e na AppStore.

Ao acessar o app da Caixa, será ainda solicitado que insira o número do NIS (o seu número de Identificação Social) ou CPF. Após o preenchimento, clique na opção cadastrar senha.

Você também pode consultar pelo site da Caixa. Nesse caso, também será necessário informar o número do NIS ou o CPF e, em seguida, fazer o cadastro de sua senha.

Por fim, após realizar o cadastro da senha, basta cadastrar todos os seus dados pessoais. No final, será necessário criar uma senha com no máximo 8 dígitos, lembando que, a senha precisa conter letras e números.

Fonte: www.jornalcontabil.com.br | 21/05/2020.

Site desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)
MFM Contabilidade e Consultoria S/S LTDA
Av. Anita Garibaldi, 850 - sala 812 - Torre Premium - Bairro Cabral - Curitiba/PR
CEP: 80540-180  |  Fone / Fax (41) 3086 1412